273+ Criativa

Como o Marketing Odontológico se tornou uma necessidade empresarial?

A carreira no ramo da Odontologia sempre se mostrou bastante promissora, frutífera e lucrativa para os profissionais que decidem dedicar sua vida a ela. Afinal, são vários ramos para se atuar, se especializar e consolidar o nome e a trajetória profissional a nível regional e até mesmo nacional.

Entretanto, hoje em dia, apenas uma boa performance como dentista já não é mais o suficiente para se ter um bom número de pacientes e garantir que eles tenham fidelidade à sua clínica para realizar os seus tratamentos. Nessa hora, um dos maiores aliados dos dentistas e dos estabelecimentos é o Marketing Odontológico.

O Marketing Odontológico envolve um conjunto de ferramentas que ajudam na melhoria da relação entre paciente e clínica, promove uma melhor experiência para o cliente, atrai mais consultas e tratamentos, melhora a marca da clínica diante do mercado e fideliza pacientes que sempre voltam à clínica, regularmente.

Mas se estamos falando sobre o Marketing Odontológico “ter se tornado” indispensável, o que mudou nesse contexto para que antes não fosse? Na verdade, uma série de fatores influenciaram para que isso acontecesse, e nesse texto, contaremos para você. Confira!

O aumento da concorrência

Você, dentista, notou que o número de faculdades e escolas de Odontologia no Brasil decolou de uns anos pra cá? Os cursos mais antigos do Brasil datam ainda do começo do Século XX. Nas décadas de 50 e 60 eles começaram a ganhar departamentos nas grandes universidades públicas do país, e mais recentemente, quase toda universidade privada conta com um curso de Odontologia.

Por um lado, isso é ótimo, porque a população precisa de dentistas e seus serviços em todo o território nacional. Por outro lado, você deve saber que quando a oferta de um serviço (o atendimento odontológico, no caso) aumenta, o valor desta mercadoria diminui – é a lei máxima da oferta e da demanda.

Ou seja, se você apoia ou apoia o sucesso de sua clínica na escassez de concorrentes na região, a tendência é que isso mude em breve, se já não mudou. E se o seu faturamento já não pode mais ser baseado em exclusividade, ele precisa ser firmado em qualidade, uma variável muito considerada pelo Marketing Odontológico.

Franquias Odontológicas

Outra mudança considerável que ocorreu no mercado da Odontologia nos últimos anos é o crescimento considerável de franquias odontológicas – algo semelhante acontece hoje na medicina, inclusive. Como uma parte considerável dos clientes achava os serviços odontológicos caros, portanto inacessíveis, grandes empresas franqueadas começaram a reunir vários profissionais, unificar processos, gerir carreiras e oferecer planos baratos ou parceláveis aos pacientes.

O que o marketing tem a ver com isso? Bem, se você faz parte de uma dessas franquias, provavelmente seu marketing é ligado ao da empresa, então você não tem muita liberdade nisso. Mas se você é dono de uma clínica ou um profissional autônomo, a concorrência das grandes franquias pode ser um bocado desleal.

Então, se não é possível vencer as franquias através de um preço mais baixo, que você aplique ações estratégicas, ofereça conteúdo, experiência e satisfação aos seus clientes, a fim de que eles recomendem sua clínica para familiares e amigos, além de retornar ao seu estabelecimento sempre que necessário.

O público é mais exigente do que nunca

Com o aumento da demanda, mais pessoas passaram a frequentar os dentistas e com mais frequência. O resultado disso é que agora os clientes são muito mais exigentes. Eles já conhecem técnicas, padrões de qualidade e já possuem referências de atendimentos passados sobre coisas que gostam e que não gostam dentro de uma clínica odontológica. Nesse contexto, se o seu estabelecimento oferece uma experiência básica, “trivial”, você pode estar perdendo dinheiro.

Uma boa gestão e o Marketing Odontológico ajudam a sua clínica a ser bem-vista pelos pacientes, que criarão um sentimento de respeito, empatia e credibilidade com a sua empresa e sua equipe de profissionais.

O público está na internet!

Embora o boca a boca, hoje em dia, ainda seja uma ótima ferramenta para a conquista de novos clientes, é inegável que a maioria da população hoje está na internet. 90% dos brasileiros possuem um smartphone, e quase todos eles têm acesso à internet. Além disso, outras estatísticas mostram que ¾ dos pacientes “dão um Google” antes de se consultar ao médico ou ao dentista.

Hoje, mais do que nunca, é necessário atacar este público para conquistar novos clientes, e o Marketing Odontológico sabe muito bem como fazer isso com o mínimo de despesas possíveis para o seu estabelecimento.

O CFO tem regulamentação de publicidade

Você provavelmente já deve ter notado que propagandas de dentista nos meios de comunicação são consideravelmente diferentes de propagandas de supermercados, certo? Isso acontece porque os profissionais são vetados pelo Conselho Federal de Odontologia a fazer este tipo de intervenção midiática.

Contudo, o Marketing Odontológico não faz nada que fira as regulamentações do CFO. O que ele faz é usar meios online e offline para conquistar cada vez mais a confiança, a empatia e proporcionar uma experiência favorável ao paciente, aproximando-o do estabelecimento e criando uma relação mais estreita com os profissionais envolvidos no atendimento odontológico.

A sua concorrência já está investindo em Marketing Odontológico!

Se a sua clínica ainda não está investindo em Marketing Odontológico, temos duas más notícias para você. A primeira: seus concorrentes estão investindo forte nessa área. A segunda: eles estão roubando os seus pacientes. E nada mais justo: oferecem uma experiência de pré, durante e pós atendimento muito mais requintada e de qualidade.

O dentista precisa ter visão de um homem de negócios no atual cenário do mercado da saúde bucal para fazer sua clínica odontológica crescer. O colega, mesmo que muito respeitado, ainda é um concorrente com potencial para fisgar os seus pacientes. É preciso dar o passo a frente e expandir os seus horizontes em relação à carteira de pacientes.

O Marketing Odontológico está diretamente envolvido nisso: posicionar a clínica como uma empresa eficiente, lucrativa, com potencial de expansão e que satisfaça às demandas dos pacientes.

Matéria adaptada do portal: https://www.cemoi.com.br/
Para ler na íntegra acesse: https://www.cemoi.com.br/como-o-marketing-odontologico-se-tornou-uma-necessidade-empresarial/#:~:text=O%20Marketing%20Odontol%C3%B3gico%20envolve%20um,sempre%20voltam%20%C3%A0%20cl%C3%ADnica%2C%20regularm