273+ Criativa

Olá, somos a 273 Mais Criativa.

Vamos fazer MAIS juntos

Embalagens

O processo de compra se dá por meio de uma série de estímulos, desde campanhas publicitárias até o posicionamento de determinado produto dentro do ponto de venda, a fim de conduzir os consumidores do topo do funil até a tão esperada venda.

Dessa maneira, as estratégias de marketing têm se mostrado fundamentais para qualquer empresa que queira aumentar o seu poder de persuasão e sedução de seus produtos.

Uma das grandes estratégias, responsáveis por boa parte das compras por impulso, e que muitas vezes acaba negligenciada é a importância das embalagens no PDV (Ponto de Venda).

 

Qual é a importância das embalagens no PDV?

No começo, as embalagens eram apenas uma necessidade para condicionar e proteger o produto vendido. Contudo, o marketing viu essa necessidade como uma excelente estratégia de propaganda para passar a sua mensagem, influindo diretamente na etapa de compra.

Com o tempo, as embalagens se tornaram um dos principais elos de ligação entre as marcas e os consumidores, estimulando o processo da venda do produto dentro do PDV.

Dessa maneira, ela precisa ser adequada e dotada de uma série de elementos que façam com que ela chame a atenção dos consumidores mais facilmente e, assim, consiga preencher as expectativas e necessidades geradas previamente pela propaganda.

 

Quais as características de uma embalagem de valor?

As características de uma embalagem de valor são desenvolvidas por especialistas de design com o intuito de proporcionam conforto, facilidade no seu manuseio, segurança para os clientes etc.

Além disso, existem também os aspectos que agregam valor emocional para o produto, tais como aqueles que definem a sua identidade, o objetivo, funcionalidade etc.

Outra questão muito importante e que vem gerando muito apelo, está no consumo consciente e na construção de um sistema sustentável. Dessa maneira, profissionais viram a necessidade de criar embalagens que demonstrassem a preocupação da empresa com as questões de cunho ambiental.

Assim, começaram a serem produzidas embalagens oriundas de matérias-primas com fontes recicláveis e sustentáveis e que são dotadas de selos de responsabilidade ambiental. Essa é uma medida que ajuda na propagação positiva da marca.

 

Qual a necessidade de conhecer o consumidor?

O design e a funcionalidade da embalagem podem ser eficientes. Contudo, nenhuma das características fará efeito no processo de vendas se ela não atender às expectativas do consumidor. Por isso, é necessário estudá-lo e conhecê-lo. E, a partir daí, pensar melhor em como desenvolver os métodos de confecção das embalagens PDV.

 

Os negócios devem se preocupar com as embalagens PDV?

As embalagens no ponto de venda são uns dos mais poderosos instrumentos no processo de compra de um produto. Elas dão valor, passam confiança e apelo visual para os clientes.

Por causa da sua importância, ela está constantemente sendo inovada graças à tecnologia e demais procedimentos inventivos. Tudo para conseguir atingir a preferência e a confiança dos consumidores.

O consumidor é atraído por recipientes dotados de boa estética e que apresentam um apelo visual chamativo.

Dessa maneira, o investimento em um bom design não é apenas um capricho, mas, sim, um serviço essencial para o sucesso nas vendas. Ele aumenta, exponencialmente, as chances de uma marca ficar bem-posicionada no mercado.

Quais as características de um bom design de embalagens?

Vamos apresentar, a seguir, 4 características que fazem com que a configuração visual e praticidade das embalagens sejam tão importantes. Acompanhe.

 

1. O recipiente precisa trazer confiança e proximidade

É preciso explorar os sentidos do seu público-alvo, estimulando-o com embalagens atrativas. Para isso, são necessários estudos de campo que permitam conhecer o cliente, as suas necessidades e anseios, para que se torne possível manter uma relação de confiança e proximidade com os consumidores.

Esses estudos também abrangem questões técnicas, como as cores, formas, ilustrações, facilidades e outros quesitos que façam o consumidor se interessar pela sua marca e não pela do concorrente.

 

2. É preciso se arriscar até chegar ao modelo ideal

A competição no mercado exige que as empresas estejam sempre se aventurando para buscar coisas novas. Assim, ela conseguirá alcançar o diferencial e aumentar o índice de aprovação dos consumidores.

Como as embalagens costumam ser bastante parecidas, qualquer detalhe atraente pode ser significativo e faz com que os potenciais clientes escolham o seu produto na prateleira.

 

3. Os stoppers e embalagens devem ser variados

As embalagens e os stoppers (ou cartazes) devem ser trocados conforme o lançamento de novas campanhas de marketing pelas empresas.

Assim, após algum tempo, eles devem ser mudados para que o cliente seja sempre surpreendido com novidades.

Dessa maneira, se evita chegar ao ponto no qual as ações de marketing simplesmente deixem de fazer efeito, sendo ignoradas pelos consumidores.

 

4. O design deve ser útil e funcional

A embalagem deve ser anatômica e adaptada com o formato mais apropriado para o uso, trazendo o máximo de utilidade e praticidade ao consumidor.

Além disso, ela deve conter os itens essenciais. Evite sobrecarregar os painéis com informações que não agregam em nada no processo de compra. Isso deixa a embalagem com aspecto poluído e pode causar confusão nos usuários.

Lembre-se de que a embalagem é um dos instrumentos de comunicação mais diretos e eficientes que pode haver entre a marca e a empresa.

Embalagens

O processo de compra se dá por meio de uma série de estímulos, desde campanhas publicitárias até o posicionamento de determinado produto dentro do ponto de venda, a fim de conduzir os consumidores do topo do funil até a tão esperada venda.

Dessa maneira, as estratégias de marketing têm se mostrado fundamentais para qualquer empresa que queira aumentar o seu poder de persuasão e sedução de seus produtos.

Uma das grandes estratégias, responsáveis por boa parte das compras por impulso, e que muitas vezes acaba negligenciada é a importância das embalagens no PDV (Ponto de Venda).

 

Qual é a importância das embalagens no PDV?

No começo, as embalagens eram apenas uma necessidade para condicionar e proteger o produto vendido. Contudo, o marketing viu essa necessidade como uma excelente estratégia de propaganda para passar a sua mensagem, influindo diretamente na etapa de compra.

Com o tempo, as embalagens se tornaram um dos principais elos de ligação entre as marcas e os consumidores, estimulando o processo da venda do produto dentro do PDV.

Dessa maneira, ela precisa ser adequada e dotada de uma série de elementos que façam com que ela chame a atenção dos consumidores mais facilmente e, assim, consiga preencher as expectativas e necessidades geradas previamente pela propaganda.

 

Quais as características de uma embalagem de valor?

As características de uma embalagem de valor são desenvolvidas por especialistas de design com o intuito de proporcionam conforto, facilidade no seu manuseio, segurança para os clientes etc.

Além disso, existem também os aspectos que agregam valor emocional para o produto, tais como aqueles que definem a sua identidade, o objetivo, funcionalidade etc.

Outra questão muito importante e que vem gerando muito apelo, está no consumo consciente e na construção de um sistema sustentável. Dessa maneira, profissionais viram a necessidade de criar embalagens que demonstrassem a preocupação da empresa com as questões de cunho ambiental.

Assim, começaram a serem produzidas embalagens oriundas de matérias-primas com fontes recicláveis e sustentáveis e que são dotadas de selos de responsabilidade ambiental. Essa é uma medida que ajuda na propagação positiva da marca.

 

Qual a necessidade de conhecer o consumidor?

O design e a funcionalidade da embalagem podem ser eficientes. Contudo, nenhuma das características fará efeito no processo de vendas se ela não atender às expectativas do consumidor. Por isso, é necessário estudá-lo e conhecê-lo. E, a partir daí, pensar melhor em como desenvolver os métodos de confecção das embalagens PDV.

 

Os negócios devem se preocupar com as embalagens PDV?

As embalagens no ponto de venda são uns dos mais poderosos instrumentos no processo de compra de um produto. Elas dão valor, passam confiança e apelo visual para os clientes.

Por causa da sua importância, ela está constantemente sendo inovada graças à tecnologia e demais procedimentos inventivos. Tudo para conseguir atingir a preferência e a confiança dos consumidores.

O consumidor é atraído por recipientes dotados de boa estética e que apresentam um apelo visual chamativo.

Dessa maneira, o investimento em um bom design não é apenas um capricho, mas, sim, um serviço essencial para o sucesso nas vendas. Ele aumenta, exponencialmente, as chances de uma marca ficar bem-posicionada no mercado.

Quais as características de um bom design de embalagens?

Vamos apresentar, a seguir, 4 características que fazem com que a configuração visual e praticidade das embalagens sejam tão importantes. Acompanhe.

 

1. O recipiente precisa trazer confiança e proximidade

É preciso explorar os sentidos do seu público-alvo, estimulando-o com embalagens atrativas. Para isso, são necessários estudos de campo que permitam conhecer o cliente, as suas necessidades e anseios, para que se torne possível manter uma relação de confiança e proximidade com os consumidores.

Esses estudos também abrangem questões técnicas, como as cores, formas, ilustrações, facilidades e outros quesitos que façam o consumidor se interessar pela sua marca e não pela do concorrente.

 

2. É preciso se arriscar até chegar ao modelo ideal

A competição no mercado exige que as empresas estejam sempre se aventurando para buscar coisas novas. Assim, ela conseguirá alcançar o diferencial e aumentar o índice de aprovação dos consumidores.

Como as embalagens costumam ser bastante parecidas, qualquer detalhe atraente pode ser significativo e faz com que os potenciais clientes escolham o seu produto na prateleira.

 

3. Os stoppers e embalagens devem ser variados

As embalagens e os stoppers (ou cartazes) devem ser trocados conforme o lançamento de novas campanhas de marketing pelas empresas.

Assim, após algum tempo, eles devem ser mudados para que o cliente seja sempre surpreendido com novidades.

Dessa maneira, se evita chegar ao ponto no qual as ações de marketing simplesmente deixem de fazer efeito, sendo ignoradas pelos consumidores.

 

4. O design deve ser útil e funcional

A embalagem deve ser anatômica e adaptada com o formato mais apropriado para o uso, trazendo o máximo de utilidade e praticidade ao consumidor.

Além disso, ela deve conter os itens essenciais. Evite sobrecarregar os painéis com informações que não agregam em nada no processo de compra. Isso deixa a embalagem com aspecto poluído e pode causar confusão nos usuários.

Lembre-se de que a embalagem é um dos instrumentos de comunicação mais diretos e eficientes que pode haver entre a marca e a empresa.