273+ Criativa

Marketing imobiliário: Dicas para alavancar sua imobiliária

A quantidade de trabalhadores autônomos aumentou bastante nos últimos anos, especialmente, por conta do cenário de incertezas econômicas. Esse panorama deve ser ainda mais reforçado com os recentes acontecimentos da pandemia, que demandam mais autonomia de profissionais dos mais variados segmentos e reforçam a necessidade de ter independência na hora do trabalho.

Com tanta gente nova chegando no mercado, também é preciso ficar esperto para conseguir, realmente, impulsionar o negócio. No caso do setor de imóveis, quem consegue fazer um bom uso do marketing imobiliário (principalmente, na internet) já sai na frente. Que tal aprender a se destacar e, com isso, impulsionar de vez seu negócio?

Pois foi pensando justamente nisso que resolvemos fazer uma lista com 15 das principais dicas para quem deseja dar um gás nos rendimentos. Quer saber quais são elas? Então, confira!

Conheça o conceito geral de marketing

Antes de falarmos especificamente sobre sua aplicação no mercado de imóveis, é interessante dominar um pouco melhor o conceito geral de marketing, uma vez que é dessa origem que todas as estratégias de divulgação e merchandising foram desenvolvidas. Inclusive, com as táticas que são adotadas no segmento imobiliário.

Em linhas gerais, podemos definir marketing como um conjunto de ações que são planejadas para causar um impacto específico no setor no qual uma empresa, produto ou profissional estão inseridos. A própria etimologia ajuda a entender, pois a origem do termo vem do inglês market, que significa, justamente, mercado!

Aplicando um bom marketing em qualquer ramo, você aumenta as suas chances de sucesso e promove uma excelente otimização de lucros. Afinal, pode adequar a oferta às necessidades e preferências dos seus consumidores, com um atendimento mais eficaz e campanhas mais certeiras.

Entenda um pouco mais sobre o marketing imobiliário

Agora que você já compreendeu melhor o conceito geral, chegou a hora de partimos para um conhecimento mais específico, que é o do marketing imobiliário. Apostar nessa ideia vem sendo uma das grandes tendências do segmento, visto que essa é uma área muito competitiva e que demanda ações inteligentes dos seus profissionais.

Isso acontece porque a compra, ou mesmo a locação de um imóvel, envolve objetivos e mudanças significativas na vida de qualquer um. Tenha em mente que, ao negociar propriedades, os corretores não estão lidando apenas com o dinheiro dos clientes, mas também, com suas emoções, projetos, necessidades e sonhos.

Logicamente, há uma imensa seara para ser explorada nesse contexto, uma vez que o merchandising serve justamente para isso. O marketing imobiliário vem ao encontro dessa realidade, com a execução inteligente de um conjunto de estratégias que possam causar impacto e mostrar que aquela é a decisão correta para a pessoa.

Em um panorama mais amplo, o marketing imobiliário pode impactar até mesmo construtoras, fornecedores, parceiros e outras empresas, em uma estratégia mais ampla de vendas, permeando praticamente todos os processos do setor. Compreender como empregar isso no seu dia a dia, portanto, é quase uma garantia de êxito.

A evolução do marketing imobiliário

Da mesma maneira que a nossa sociedade está em constante evolução, o marketing imobiliário também vem se adaptando, de forma a atingir com mais precisão o consumidor moderno. Logicamente, como acontece em praticamente tudo atualmente, as ações e escolhas vêm sendo impactadas pela tecnologia e suas vertentes.

Da mesma maneira que novas técnicas construtivas estão sendo implantadas — e isso chama a atenção do público, pois alguns recursos podem reduzir os custos e o período da obra —, a internet fez o mesmo com a divulgação. O recurso oferece formas diretas e baratas de atingir pessoas em qualquer local do mundo, e em tempo real.

Antigamente, as pessoas procuravam por casas, apartamentos e terrenos, para compra ou locação, nos outrora famosos classificados de jornais, que traziam pequenos anúncios discretamente descritivos. Hoje, a web faz esse papel e os internautas visitam os principais sites do gênero, sendo cada vez mais exigentes e detalhistas.

Isso quer dizer que os profissionais e empresas sediados no ramo precisam modernizar suas atividades. Saber como utilizar os portais, e-mails, disparos de mensagem, o próprio site oficial e até as redes sociais não é mais um diferencial competitivo, mas sim, uma obrigação para quem deseja sobreviver no voraz mercado.

Se a forma como nos comunicamos mudou, a promoção de um imóvel ou novo empreendimento também precisa mudar, não é verdade? Isso pode ser percebido com poucos cliques no seu computador ou abrindo o navegador no seu smartphone: o marketing imobiliário está lá, pronto para fisgar um cliente em potencial!

Descubra a função do marketing dentro do setor de imóveis

Agora que você já domina o conceito de marketing como um todo, aprendeu mais sobre o marketing imobiliário e entendeu como ele evoluiu em sintonia com a nossa sociedade, vamos mostrar qual é a função desse tipo de estratégia, de maneira específica, para empresas e profissionais que atuam no setor de imóveis.

Não é novidade para ninguém que vender e divulgar são verbos que caminham lado a lado, com uma proximidade extrema. Por isso, um bom planejamento de marketing pode aumentar o faturamento de qualquer negócio em qualquer ramo e, com o mundo digital, é totalmente possível fazer isso com pouca verba — desde que sejamos criativos e inovadores.

Quando o produto é um imóvel, existem alguns fatores que podem ser priorizados. Na internet, a imagem é muito importante e você pode caprichar nas fotos, vídeos e até na realidade virtual. Os celulares mais modernos têm ótima definição e as pessoas querem conhecer a fundo o local em que poderão morar.

Vale lembrar que as expectativas também são elevadas em termos de informações, e você pode (e deve) ser tão descritivo quanto possível. Antigamente, os anúncios vinham apenas com o endereço, mas agora, você pode discorrer sobre as características do condomínio, os diferenciais da rua, o potencial de valorização do bairro e muito mais!

Veja 15 dicas matadoras para fazer marketing imobiliário

Depois de reunir todos os conhecimentos que você obteve no conteúdo acima, você já é quase um expert no assunto. Por isso, a partir de agora, vamos mostrar quais as dicas mais práticas e certeiras para que você consiga fazer um marketing imobiliário de alta qualidade para o seu negócio. Descubra como fazer isso!

1. Volte seu site para a conversão

Já faz um bom tempo que é praticamente impossível tocar qualquer tipo de negócio sem ter um site na internet. No entanto, não basta ter esse site no ar. Na verdade, é preciso que ele seja direcionado para a conversão.

Não são poucos os negócios e profissionais que ainda pecam por produzir páginas lotadas de informações que, no fim, só confundem ou tiram a atenção do usuário daquilo que realmente importa: o contato com a empresa.

É preciso ter bastante cuidado na hora de produzir esse tipo de material. Ele deve conseguir, ao mesmo tempo, chamar a atenção do visitante para determinado imóvel e resolver quaisquer dúvidas sobre a necessidade de contatar seu negócio.

2. Faça bom uso das redes sociais

Não dá para falar em marketing imobiliário sem mencionar as redes sociais, não é verdade? Por isso, para ter o sucesso que você espera, saber utilizar essas mídias em seu benefício é essencial. As pessoas não apenas devem encontrar você e sua empresa com facilidade, mas também, buscam uma experiência atraente e satisfatória.

Ter perfis profissionais nos principais sites do gênero é imprescindível, e é bastante provável que você já esteja familiarizado com boa parte deles. Enquanto o Instagram abre uma boa oportunidade de publicar fotos atraentes, o Facebook a criação de uma fanpage, reunindo muitos clientes em potencial e ambos possibilitam a criação de anúncios.

3. Invista em campanhas geolocalizadas

Se você só publica as imagens dos imóveis ou de promoções no Facebook, talvez esteja perdendo tempo e dinheiro por ali, sabia? Com opções de anúncios geolocalizados, essa e muitas outras redes sociais podem facilmente direcionar sua mensagem a milhares de pessoas que sequer seguem seu perfil, mas que estão procurando por algum imóvel em uma determinada região.

Com isso, você não precisa ficar preso apenas a seus seguidores, o que amplia o seu leque de possibilidades.

4. Aposte na força do Instagram

A quantidade de usuários ativos que o Instagram tem só aqui no Brasil já chegou a 100 milhões. Diante desse número, fica até difícil pensar em um lugar melhor para você publicar as fotos dos seus imóveis e investir em marketing mobile do que essa rede, concorda? Então, comece a investir desde já!

O site é baseado em imagens e isso é muito interessante para quem atua no segmento de imóveis. Você pode fotografar os destaques de uma propriedade que esteja disponível para venda ou locação, por exemplo, mirando nos seus pontos fortes e caprichando nos ângulos, para depois publicar tudo em seu perfil profissional.

5. Continue com força total no e-mail

Em nosso post com 7 aplicativos para corretores de imóveis que você precisa ter, comentamos sobre o MailChimp. A ferramenta ajuda no disparo e no monitoramento de resultados de campanhas por e-mail.

Mas aí, talvez, venha a pergunta: será que ainda vale a pena investir em e-mail marketing? Em 2021, 4,03 bilhões de usuários ao redor do mundo utilizam, pelo menos, um e-mail. Além disso, especialistas projetam um aumento para mais de 4,48 bilhões até 2024. O potencial de divulgação, portanto, é incomparável.

6. Utilize imagens e vídeos

Imagens e vídeos de boa qualidade são uma tendência no marketing imobiliário, porque esses formatos têm um grande poder de engajamento e podem contribuir para as vendas. Para você ter uma ideia, os elementos utilizados em imagens e vídeos estabelecem laços emocionais que influenciam a percepção da sua mensagem.

Para comprovar, basta reparar como a maioria das propagandas utiliza essa linguagem na sua composição. Assim, imagens e vídeos devem estar presentes em toda a jornada de compra — desde a pesquisa do cliente até o fechamento do negócio.

7. Invista na realidade virtual

A realidade virtual é uma tendência muito utilizada para substituir as visitas presenciais em estande de vendas. Ou seja, o seu tempo e o do seu cliente são poupados pela tecnologia, que permite a apresentação de dezenas de móveis (de maneira imersiva) em poucos minutos.

Mas calma! Falando dessa maneira pode parecer um recurso caro. No entanto, não é bem assim: a realidade virtual avançou muito nos últimos anos. Logo, é possível criar vários modelos de plantas, áreas de lazer e outras ações que engajem e agreguem valor ao produto, a um baixo custo para a sua imobiliária.

8. Tenha o mobile em primeiro lugar

O termo “mobile first” é outra tendência matadora para as imobiliárias. Para compreender esse conceito, lembre-se de que, até bem pouco tempo atrás, o seu site imobiliário não precisava se preocupar muito com a responsividade (layout que se adapta a diversos dispositivos). Não era para menos, já que os clientes, normalmente, faziam as buscas por computadores de mesa (desktops) ou notebooks, não é mesmo?

No entanto, essa realidade mudou. Agora, além de ter um site voltado para a conversão (como falamos no primeiro tópico), o site da sua imobiliária precisa se ajustar aos smartphones, tablets e outros aparelhos utilizados pelo seu cliente.

Tenha em mente que as pessoas usam cada vez mais a internet pelo celular. Por isso, não faz sentido negligenciar a experiência do usuário nesses dispositivos. Do contrário, seus potenciais clientes abandonarão o seu site — e a triste consequência disso é a perda de oportunidades para a imobiliária.

9. Envie mensagens pelo celular

A cada dia, as pessoas abominam cada vez mais receber ligações por celular. No lugar disso, elas preferem receber mensagens por aplicativos (WhatsApp e Facebook Messenger, por exemplo) ou e-mail.

Isso acontece porque esse tipo de contato é menos invasivo e permite que o receptor responda de acordo com a sua disponibilidade. Portanto, antes de fazer uma ligação inoportuna para o seu cliente, considere enviar uma mensagem simpática pelo WhatsApp.

10. Implemente chatbots no atendimento

Grosso modo, os chatbots são programas de computador que simulam o atendimento realizado por seres humanos. Ou seja, um robô é programado para responder as perguntas que o cliente faz pelo chat, de tal forma que pareça, realmente, uma pessoa do outro lado.

Para as imobiliárias, essa é uma grande oportunidade de oferecer um atendimento qualificado e personalizado aos clientes.

11. Foque a experiência dos clientes

É possível que toda essa modernidade tenha passado a impressão de que o marketing imobiliário é algo menos pessoal e mais voltado para a internet. Embora isso tenha um certo percentual de verdade, o fato é que não existe sucesso no merchandising sem oferecer uma boa experiência para a outra parte do negócio: o cliente.

É preciso que você identifique qual é o seu público-alvo e quais são suas demandas, anseios, expectativas e necessidades. Isso pode servir até para otimizar as suas estratégias, como a criação de uma lista de disparos de e-mail bem segmentada ou a procura por uma carteira de imóveis com mais sintonia com esse perfil.

12. Direcione algumas ofertas exclusivas

Uma das mudanças pelas quais os consumidores passaram com o avanço da tecnologia é o fato de que tendemos a ser mais exigentes e menos fiéis às empresas ou profissionais. Isso quer dizer que, uma vez que as expectativas não sejam atendidas, trocar não é um problema!

Dentro desse contexto, direcionar ofertar exclusivas pode ser uma boa tática de marketing imobiliário. As pessoas estão mais atentas às verdadeiras oportunidades de negócio e não adianta, simplesmente, apostar em uma guerra de preços com os concorrentes. Foque o seu público e garimpe opções que possam surpreendê-lo!

13. Trabalhe o aspecto visual dos anúncios

O cliente atual também é muito visual e esse é um aspecto que, embora tenha sido sempre muito trabalhado nas estratégias de divulgação, pode ser ainda mais imprescindível. Por isso, independentemente do setor de atuação, imagens atrativas e encantadoras tendem a despertar o interesse da maioria das pessoas.

Sendo assim, você não pode deixar de apostar na criação de uma identidade visual forte, em sintonia com o seu planejamento de negócios e os seus objetivos em curto, médio e longo prazos. Reproduza isso nos anúncios e foque os diferenciais das propriedades, usando fotos que traduzam o que há de melhor naquele local.

14. Não se esqueça das landing pages

Você sabe o que é uma landing page? Mesmo que você não conheça bem esse termo, é certo que você acessa diariamente essas páginas, pois elas estão presentes em praticamente tudo na internet. Também chamadas de páginas de aterrissagem, elas nada mais são do que o primeiro panorama que você tem ao acessar um site.

Por isso mesmo, elas precisam ser muito bem feitas, contando com o máximo de elementos voltados à conversão do visitante em um cliente efetivo, gerando oportunidades em cada visita. Além das informações mais importantes, é interessante que ofereçam conteúdos relevantes, como artigos, cursos ou e-books.

15. Analise os resultados do marketing imobiliário na web

Por fim, a última dica que podemos dar por aqui é: não se esqueça de analisar bem a fundo os resultados obtidos com todos esses meios digitais. Com a ajuda de sistemas como o Google Analytics e até das próprias ferramentas do Facebook, Instagram e Mailchimp, é mais que possível ver quantas pessoas têm acessado suas campanhas, interagido com elas, e até por quanto tempo os usuários ficam online em suas páginas.

Esses dados são importantes para entender o que tem dado certo ou errado na rede. Assim, você consegue mudar o que pode ser melhorado ou manter o que vem funcionando.

Saiba os principais benefícios de apostar no marketing imobiliário

A essa altura, você já deve ser um expert em marketing digital. No entanto, se mesmo depois de compreender o conceito, descobrir mais sobre a história e aprender algumas dicas você ainda não se convenceu de usar essa estratégia, vamos apresentar alguns dos seus benefícios. Veja!

Melhora o relacionamento com os clientes

Fazer uma boa gestão do relacionamento com os clientes é um dos grandes desafios de qualquer profissional que trabalhe com o público. Entretanto, esse é, justamente, um dos mais celebrados benefícios de apostar no marketing imobiliário. Quando você divulga com maestria e inteligência, você se torna uma opção mais segura para as pessoas.

Em um setor no qual os negócios tendem a custar tão caro, ter mais autoridade é essencial para alcançar o sucesso. Essa é uma vantagem de ter um bom marketing: você cria uma relação com os clientes e, ao se tornar uma referência no ramo, fica mais simples conseguir oferecer uma experiência melhor.

Aceleração eficiente do ciclo de vendas

Outro dos benefícios de apostar no marketing imobiliário é que ele promove uma aceleração natural, porém eficiente, do ciclo de vendas. Isso é muito importante, sobretudo se você levar em consideração que, em linhas gerais, o ciclo de vendas de uma propriedade tende a ser mais longo do que o de outros nichos do mercado.

A explicação para isso é bem simples: estamos falando de investimentos grandes, que lidam com as poupanças e as emoções das pessoas. No entanto, com um marketing inteligente e estratégico, você gera confiança e fornece soluções específicas para aquele indivíduo, o que costuma abreviar todo o processo.

Fortalecimento da credibilidade no segmento

Ter credibilidade em um segmento tão relevante e competitivo quando o setor de imóveis é bastante recomendável e, por incrível que pareça, essa é outra das inúmeras vantagens de apostar no marketing imobiliário. Embora a divulgação, por si só, já ajude a trazer mais reconhecimento, existem algumas táticas mais efetivas nesse ponto.

A geração de conteúdo relevante, por exemplo, é capaz de, ao mesmo tempo, ajudar o público e entregar valor, fazendo com que consumidores e até concorrentes observem você como uma autoridade na área. Com essas credenciais, você passa mais segurança e confiabilidade na hora de concretizar o negócio e assinar o contrato.

Possibilidade de fazer a mensuração de resultados

Seria muito interessante se você pudesse saber, ao certo, quais são as ações que estão trazendo mais locadores ou aumentando o número de vendas na sua carteira de imóveis, não é verdade? Pois essa é, justamente, uma das grandes vantagens do marketing imobiliário digital, visto que a internet permite analisar todos os dados.

Isso pode ocorrer, por exemplo, quando você cria uma campanha específica ou dispara e-mails para uma lista segmentada. É possível avaliar a taxa de abertura das mensagens, o número de respostas, quantas propostas chegaram, e assim por diante. Por meio de métricas, você observa quais campanhas funcionam melhor e a taxa final de conversão.

Com a ajuda dessas dicas de marketing imobiliário, esperamos que você consiga impulsionar ainda mais seu negócio. Afinal, sabemos que a concorrência é pesada. Mas acredite: com todo esse conhecimento em mãos, nada é impossível!

Matéria adaptada do portal: https://blog.kenlo.com.br/
Para ler na íntegra acesse: https://blog.kenlo.com.br/marketing-imobiliario-5-dicas-matadoras-para-alavancar-seu-negocio/
Por: Kenlo